Sistema Fecomercio Sesc Senac IPDC

O Povo | 22.11.17 |Consumidor tem dívida média R$ 1.326 na Capital

O Povo | 22.11.17 |Consumidor tem dívida média R$ 1.326 na Capital

Pesquisa divulgada ontem pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE) revela que, neste mês, 69,6% dos consumidores de Fortaleza têm alguma dívida para quitar. O valor médio das dívidas é de R$ 1.326, com prazo de duração de sete meses, comprometendo 36,7% da renda familiar dos consumidores.

Em relação a outubro, quando o endividamento na Capital fechou em 63,1%, o índice cresceu 6,5 pontos percentuais. E também é superior ao observado em novembro de 2016 (63,8%).

“O aumento do número de endividados não significa que cresceu a quantidade de pessoas com contas em atraso. Todas as contas estão inclusas nisso, como água, luz e telefone”, diz a diretora institucional da Fecomércio-CE, Cláudia Brilhante.

Já na proporção de consumidores com contas em atraso, o estudo revela que houve alta de 1,3 ponto percentual período, indo de 22,9% dos consumidores, em outubro, para 24,2% em novembro.

Os consumidores jovens de 25 a 34 anos formam a maior parcela de endividados da Capital (27,6%), seguidos das mulheres, com 26,4%. Já as pessoas com renda familiar abaixo de cinco salários mínimos representam 25,9%.

Os meios de crédito mais utilizados pelos consumidores da capital cearense são: cartões de crédito, citados por 80,7% dos entrevistados; financiamento bancário (veículos, imóveis, etc.), com 11,5%; empréstimos pessoais, 9,3%; e carnês e crediários, 8,5%.

O fortalezense utilizou mais o crédito para consumo de itens de alimentação, com 57,2% das respostas; compras de artigos de vestuário (36,7%); aquisição de eletroeletrônicos (35,1%); e realização de despesas de educação e saúde (30%).

Já a taxa de inadimplência, consumidores que não conseguirão honrar compromissos, ficou em 9,8%.

Link: https://www.opovo.com.br/jornal/economia/2017/11/consumidor-tem-divida-media-r-1-326-na-capital.html

Voltar