Sistema Fecomercio Sesc Senac IPDC

24.10.17 |Ocupação hoteleira na Capital avança 12,1% em setembro

24.10.17 |Ocupação hoteleira na Capital avança 12,1% em setembro

A taxa de ocupação hoteleira em Fortaleza no mês de setembro ficou 12,1% acima do nível registrado em igual período do ano passado. No nono mês deste ano, 73,16% dos leitos de oito hotéis da Capital cearense estavam ocupados, ante 65,26% em igual período do ano anterior. De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Ceará (ABIH-CE), Eliseu Barros, "o mês de outubro já vem se desenhando, também, como um mês melhor que outubro de 2016".

Os dados fazem parte do informe divulgado ontem (23) pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (Fohb) com dados referentes a setembro. A Capital apresentou a quarta melhor taxa de ocupação entre as 15 cidades que constam no levantamento. As maiores ocupações foram em Belo Horizonte (12,7%); Salvador (20%) e Curitiba (20,9%).

De acordo com Eliseu Barros, desde maio deste ano, os números da ocupação hoteleira vêm se revelando melhores que os registrados no ano passado. "Nós só ficamos abaixo de janeiro a abril. Depois, passamos a crescer e setembro deste ano realmente foi melhor do que setembro de 2016. O segundo semestre, em geral, está sendo melhor", explica.

Eliseu Barros também destaca que a estimativa para janeiro de 2018 é bastante otimista e que "a economia está se ajustando". Ele também disse que as expectativas para 2018, diante da chegada da Fraport para assumir o Aeroporto Internacional de Fortaleza e com a vitória da Capital cearense na disputa pelo hub da Air France-KLM, "é a melhor possível". "Com o hub, não só Fortaleza, mas todo o Nordeste passa a ser um grande destino internacional, porque é um mercado que ainda deixa a desejar. Com a nova gestão do Aeroporto, além do hub, outros grandes negócios irão surgir", diz, acrescentando que o turismo corporativo deve receber um impulso.

O valor da diária média, de acordo com o levantamento, caiu 13,5%, passando de R$ 222,09 em setembro do ano passando para R$ 192,21 em setembro deste ano. A receita por quarto disponível nos hotéis de Fortaleza também apresentou retração de 3%, levando em conta a mesma base de comparação.

Acumulado do ano

No acumulado de janeiro a setembro, a ocupação hoteleira na Capital também é 7,3% maior ante igual período do ano anterior. Nos nove primeiros meses de 2016, a média ficou em 64,26%. Neste ano, passou para 68,94%. A variação é também a quarta maior entre as cidades pesquisadas, atrás de Florianópolis (7,7%); Brasília (10,3%) e Salvador (11,1%).

No Nordeste, a ocupação média de 54 hotéis em setembro deste ano (63,97%) foi 6% maior na comparação com igual período do ano anterior, quando a taxa estava em 60,33%. No Brasil, a ocupação hoteleira em setembro subiu 6,1% na comparação com igual período do ano passado, com o nível passando de 55,91% para 59,32%.

Link:https://www.google.com/url?hl=pt-BR&q=http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/ocupacao-hoteleira-na-capital-avanca-12-1-em-setembro-1.1840163&source=gmail&ust=1508949249811000&usg=AFQjCNGozY58941KrfJBAiTlCWeqzyjsuw

Voltar