Sistema Fecomercio Sesc Senac IPDC

Dia dos Namorados deve movimentar R$145 milhões no comércio de Fortaleza

Dia dos Namorados deve movimentar R$145 milhões no comércio de Fortaleza

A pesquisa sobre o Potencial de Consumo do Fortalezense para o Dia dos Namorados, realizada pela Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), revela que os consumidores de Fortaleza irão movimentar R$ 145 milhões no comércio local com a compra de presentes, valor 9,4% inferior ao estimado para essa mesma data comemorativa no ano passado. Dando prioridade aos artigos de vestuário, relógios e joias, itens de perfumaria, calçados, aparelhos de telefonia celular e bombons, 42,2% dos consumidores da capital afirmaram que irão às compras. Além das compras no comércio, a data promete animar o setor de serviços, já que 46,0% dos consumidores também pretendem comemorar a data.

O Dia dos Namorados é a quarta data comemorativa mais importante para o comércio local, com grande movimentação esperada para os shopping centers, com consumidores em busca de promoções e liquidações. Vestuário lidera preferência do consumidor a preferência dos consumidores mostra-se concentrada em seis produtos principais que, juntos, respondem por 83,0% da intenção de compra, com preponderância dos bens de uso pessoal.

a) Os artigos de vestuário: citados por 30,2% dos entrevistados, é a franca preferência das consumidoras (44,8%), do grupo com idade acima de 36 anos (33,2%) e com renda familiar entre três e seis salários mínimos (32,6%);

b) Os relógios e joias: com 16,0% da intenção de compra, terá demanda mais intensa dos consumidores do sexo feminino (17,0%), do estrato com idade acima dos 36 anos (21,9%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (18,9%);

c) Os itens de perfumaria: com 10,6% de intenção de compra, tem entre os compradores em potencial os consumidores do sexo masculino (12,2%), do grupo com idade até 20 anos (12,0%) e renda familiar de até três salários mínimos (12,4%);

d) Calçados: com 9,3% de intenção de compra, tem predomínio da demanda pelas consumidoras (12,5%), com idade até 20 anos (11,4%) e do grupo com renda familiar de até três salários mínimos (10,0%);

e) Os aparelhos de telefonia celular: com 8,8% de intenção de compra, são preferidos pelos consumidores do sexo masculino (14,0%), com idade entre 21 e 35 anos (13,5%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (10,2%);

f) Bombons, chocolates e trufas: com 8,1% de intenção de compra, são preferidos pelos consumidores do sexo masculino (10,2%), com entre 21 e 35 anos (13,6%) e com renda familiar acima de seis salários mínimos (16,9%).

Compra de presentes movimentará R$ 145 milhões

Neste ano, 42,2% dos consumidores de Fortaleza afirmam que irão comprar presentes para o Dia dos Namorados, com gasto médio de R$ 204, movimentando R$ 145 milhões no varejo. O percentual de consumidores com intenção de compras é superior ao verificado no ano passado (40,6%), mas a intenção de gastos caiu, derrubando as projeções de vendas do varejo em 9,4%.

Os consumidores pretendem pagar suas compras preferencialmente à vista (57,8% das respostas) e com o cartão de crédito (36,7%). O consumidor está consciente do seu poder de barganha e estará em busca de promoções (54,5% de citação) e fará pesquisa de preços (36,1%), mas a beleza das vitrines (23,9%) e a qualidade dos produtos (22,8%) também influenciarão na escolha.

A pesquisa também revela que 46,0% dos consumidores pretendem comemorar o evento, sendo que 43,9% o farão em suas próprias residências ou de parentes e 32,6% comemorarão em restaurantes. Cerca de 127 mil casais estarão em busca de mesas em bares e restaurantes, principalmente aqueles do grupo com renda familiar entre três e seis salários mínimos (42,7%), sugerindo que uma parcela relevante do consumo ocorrerá nas comemorações.

Compras se concentrarão nos finais de semana

Com cada vez menos tempo disponível, o consumidor irá privilegiar a comodidade em suas compras, preferindo o sábado (16,4%) e a sexta-feira (12,2%) como os dias mais prováveis para realizar a compra dos presentes. Os shopping centers foram os mais citados quanto ao local de prospecção dos presentes, com 49,9% das respostas, seguidos das lojas de rua (22,2%) e dos supermercados e hipermercados (11,4%). A sequência de datas comemorativas, por valor faturado, é Natal, Dia das Mães, Dia das Crianças, Dia dos Namorados e Dia dos Pais.

Voltar