Sistema Fecomercio Sesc Senac IPDC

Trabalhos temporários são oportunidades para voltar ao mercado

fsa

Trabalhos temporários são oportunidades para voltar ao mercado

No último quadrimestre do ano as empresas dão início à contratação de mão de obra temporária, que prometem aquecer a economia local. Para as 13,3 milhões de pessoas desempregadas no Brasil - de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados em agosto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – essas ofertas de vagas surgem como oportunidades de recolocação no mercado de trabalho. Nesse período, em 2015 e 2016, o Banco de Oportunidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE), movimentou cerca de 1000 vagas por ano.
Segundo Alcilane Mota, Coordenadora Estadual do Banco de Oportunidades do Senac/CE, os setores de serviços, comércio e turismo concentram as maiores demandas de contratação. Entre as oportunidades profissionais se sobressaem funções como auxiliar de serviços gerais, vendedor, garçom, operador de caixa, recepcionista, técnico em enfermagem, auxiliar de cozinha, porteiro e vigia. “Essas atividades seguem a lógica de mercado e do período, durante o qual o empresário busca reforços para bem atender seus clientes”, observa.
“Se levarmos em conta que das contratações temporárias muitos conseguem ser efetivados, esta é uma ótima oportunidade para retornar ao mercado e trabalho. Profissional trabalhando tem um valor agregado a mais, isto além de estar gerando renda, sendo produtivo, conhecendo novas oportunidades e pessoas”, ressalta a coordenadora.
Nessa busca por uma vaga, Alcilane Mota garante que sai na frente quem dominar ferramentas tecnológicas, operar sistemas e planilhas, falar um segundo idioma, desenvolver habilidades de atendimento, ter nível escolar ajustado ao perfil inicial de contratação para o cargo requerido, além de outros requisitos. “Existe uma grande diferença entre estar desempregado e ser empregável. Muitas das vezes, ao passar pelo desemprego, esquecemos de fazer um balanço sobre nossa própria condição profissional”, atenta.
O Senac Ceará, lembra Alcilane Mota, oferta diversos cursos que promovem a qualificação profissional e ampliam o diferencial competitivo na hora de se candidatar a um emprego. Além disso, disponibiliza gratuitamente os serviços do Banco de Oportunidades. “Nós atendemos, orientamos e encaminhamos ao mundo do trabalho os ex-alunos, que concluíram com êxito os cursos em diversos segmentos de atuação do Senac. Ao promover esse encontro entre empresas e profissionais qualificados pela maior escola de Educação Profissional do Brasil, todos saem ganhando: nossos alunos e as empresas”, ressalta.
Ela lembra que 2016 teve uma retração de 26% na quantidade de vagas temporárias geradas, se comparado a 2015. A expectativa para 2017, no entanto, é que não haja mais queda na quantidade dessas vagas e que, a maioria, deve se concentrar em Fortaleza e na Região Metropolitana. “Não existe fórmula mágica para dar conta da atual situação, mas existem medidas práticas e possíveis que ajudam as pessoas a se inserir no mercado de trabalho e garantir o seu lugar ao sol”, garante.Diante do atual cenário econômico no país, o Banco de Oportunidades do Senac Ceará investiu na ampliação de captação de vagas junto a empresas, sindicatos e associações que atuam em segmentos de mercado que têm interface com as áreas de formação da instituição. Isso tem garantido o fluxo de ofertas de vagas, mesmo em períodos de retração, registrando assim a marca de 4.458 ex-alunos encaminhados no período de janeiro a agosto deste ano.

Banco de Oportunidades do Senac Ceará
Tel.: (85) 3270.5425/26
Site: www.ce.senac.br/bancodeoportunidades/

Voltar