Criada e mantida pelos empresários do comércio.

Sistema

Representatividade e pesquisas econômicas ressaltam a atuação da Fecomércio

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE) tem forte atuação como instituição mobilizadora e representativa das categorias econômicas do comércio, segmento que mais movimenta a economia, terceiro maior PIB do estado.

Para tanto, conta com a Assessoria de Gestão Institucional e das Representações (Agir) que gerencia, coordena e presta consultoria nos âmbitos sindical, institucional e representativo da Federação. A Agir tem a função de junto aos poderes Executivo e Legislativo, nos níveis municipal, estadual e federal, monitorar os projetos de lei que tramitam e exercem influência sobre as atividades do setor de comércio de bens, serviços e turismo. Ainda oferece suporte e orientação aos representantes internos e externos, além de prestar todo apoio necessário aos 36 sindicatos filiados à Federação, que compõem a base de representatividade da Fecomércio. .

Também faz parte das funções da Agir participar de audiências públicas, fóruns, comitês, solenidades e eventos; produzir materiais para auxiliar os representantes, como informativo institucional; além de ser responsável pela agenda de pautas e eventos legislativos, sinopse legislativa e relatório de representações.

De acordo com Cláudia Brilhante, diretora institucional da Fecomércio, o suporte legislativo é importante já que evita mudanças que possam gerar impactos negativos para o segmento. “A Federação acompanha de perto todos projetos das Casas Legislativas, da União, dos Estados e Municípios que possam interferir na economia e na vida dos comerciantes e comerciários. Mas o nosso papel vai além: nós contribuímos, propomos e somos indutores de políticas que fortaleçam o comércio, essa atividade tão importante que gera tantos empregos para a nossa gente.” ressalta a diretora.

Cláudia destaca ainda que a Agir trabalha de maneira proativa propondo soluções e contribuindo com projetos de lei favoráveis aos consumidores, aos comerciantes e à sociedade. Para Cláudia, um alcance significativo foi a regulamentação dos profissionais de salão de beleza e corretores de moda.

Potencializando o monitoramento e apoio ao comércio, o IPDC – Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará, instituição que integra o Sistema Fecomércio, realiza pesquisas que buscam facilitar a atuação das empresas de maneira a antecipar dados econômicos permitindo a identificação e a geração de novas oportunidades.

As pesquisas fornecem dados, principalmente de viés econômico, relativos à situação do comércio e tendências de consumo. O resultado dos levantamentos possibilita planejamento de desenvolvimento das empresas para adaptação às demandas e ao gosto do consumidor. Além das pesquisas regulares, as empresas também podem encomendar pesquisas customizadas ao IPDC.

O Instituto realiza regularmente dez pesquisas sobre as atividades do comércio cearense. Confiança e intenção de compra do consumidor; endividamento; medo do desemprego e empregabilidade são alguns dos levantamentos realizados. Pesquisas temáticas, a exemplo de aferição sobre o comportamento do consumidor em datas comemorativas como Dia dos Pais, Dia das Mães, dia das Crianças e Natal, também são pautas do IPDC.